‘Viver a Vida’: autor diz que Luciana deve voltar a modelar

by

História de superação mais aguardada em Viver a Vida, o drama de Luciana (Alinne Moraes) já tem um caminho a ser traçado. E de luz. No capítulo que vai ao ar nesta segunda-feira (18), a personagem faz sua primeira sessão de fotos após o acidente que a deixou tetraplégica, através das lentes de Ingrid (Natália do Vale). Segundo o autor Manoel Carlos, este será um passo decisivo para que ela dê a volta por cima.

Luciana se inibe no início do ensaio Foto: João Miguel Junior/TV Globo/Divulgação“O ensaio será como uma injeção de ânimo na sua autoestima. E a deixará mais segura para uma possível retomada de sua vida profissional. Incentivos não vão faltar, principalmente da parte de Tereza (Lilia Cabral)”, diz o autor, que acha complicado um retorno às passarelas. “Está cedo para isso. Luciana pode, deve retomar a sua carreira como modelo fotográfica”, explica.

Para Kica de Castro, que comanda uma agência com 65 modelos portadoras de deficiência, é muito natural que a personagem de Alinne Moraes reencontre-se desta forma na profissão. “Já presenciei várias situações como a dela. Lembro da Diolice (da Silva Barbosa) que está comigo há sete anos. Ela ficou paraplégica após uma cirurgia na coluna e tinha baixa autoestima. Dizia: ‘essa cadeira de rodas, ninguém vai me notar’. Quando viu as fotos, ficou surpresa, motivada. Primeiro, ela queria fazê-las pensando em satisfação pessoal, mas depois ficou doida ao se ver na capa de uma revista”, afirma a fotógrafa, que aprova a atuação da atriz.

“Estou adorando, ela é boa. Só a realidade mostrada que é diferente da que eu conheço. Nem todo mundo tem as condições financeiras da Luciana. Ela tem centro de reabilitação em casa”, diz.

Mas, no que depender de Manoel Carlos, que sempre retrata o cotidiano de seus personagens, haverá mudanças na rotina de Luciana. Ela vai enfrentar problemas que boa parte dos cadeirantes encontram, como ruas esburacadas, locais sem acesso, preconceito. “Essas dificuldades vão aparecer”, afirma ele, que está conversando com sua equipe sobre Luciana ser mãe até o fim da novela. “É uma possibilidade. Conheci algumas histórias de mulheres cadeirantes que tiveram filhos, mas cada caso é um caso.”

A modelo tetraplégica Diolice, que tem 21 anos, achava impossível trabalhar nesta profissão, mas percebeu que estava enganada. “Descobri que posso dar ao meu corpo os movimentos que eu quiser. Agora nada me impede.”

Fonte: O Dia O Dia

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: