Câmera Record exibe segredos e tradições de tribo misteriosa

by

camerarecord

Na noite desta sexta-feira, 27/11, às 23h30, o jornalístico temático da Record apresentado por Marcos Hummel mostra a viagem da equipe de reportagem do programa para um local isolado, em busca das tradições de uma tribo cheia de mistérios.

Os repórteres demoraram quase dez horas de voo para cruzar o país e mais oito de barco para vencer um rio cheio de armadilhas.

O leite do sapo. Por que os índios dizem que o líquido traz energia? Os repórteres da Record recebem autorização para participar de um ritual. O desfecho é surpreendente.

Um registro raro: o Câmera Record teve acesso a uma celebração única. Homens, mulheres e crianças imitam os movimentos de um porco do mato e fazem uma coreografia de guerra. É uma comemoração pela fartura da natureza.

A descoberta do sexo. Passos cheios de erotismo marcam uma espécie de dança do acasalamento.

Rio acima, um momento emocionante. O pajé apresenta aos repórteres do Câmera Record um local sagrado. Ali, viveram seus pais, avós, antepassados distantes. Ele chora copiosamente.

Exército com poder de Polícia. O Câmera Record acompanhou a operação de um batalhão destacado para defender a região. Nem os militares mais preparados escapam das armadilhas da selva.

Em meio a atoleiros e trilhas improvisadas, um inimigo quase invisível de tão pequeno também ameaça a tropa: um grupo de formigas venenosas cruza o caminho da equipe da Record.

Como os índios conseguiram preservar detalhes desta cultura? Que lugar é esse afinal?

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: